NOTÍCIAS

Cervejaria OverHop completa um ano e se prepara para o Mondial dela Bière

11/09/2017 Fonte: O Globo - Bairros

Sócios vão lançar cerveja que leva açaí e framboesa, feita em coprodução com o Canadá

Barroso, Flavio e Baruffa comemoram sucesso em apenas um ano da OverHop - Agência O Globo / Analice Paron

RIO — O início foi despretensioso. Rodrigo Baruffaldi, o Baruffa, começou a fazer cerveja em casa, para animar o carnaval de sua turma, em 2014. E os amigos gostaram, principalmente seu irmão Flavio e o parceiro de infância Rodrigo Barroso, com os quais decidiu se associar. O trio passou, então, a produzir bebida para eventos. Enquanto Baruffa apresentava a cerveja a outros produtores e amantes da gelada, Barroso observava a reação destes. Animados pela enxurrada de comentários positivos, os três tomaram coragem para abrir o negócio.

Os 30 litros que produziam na panela inicialmente, para os eventos, tornaram-se logo de início quatro mil litros por mês, feitos na fábrica da Mistura Clássica, em Angra dos Reis. Agora, com exato um ano de existência, comemorado com uma festa na Lapa, a OverHop tem duas medalhas de ouro no Mondial de la Bière, com a DarkHop e a Hazy, acaba de lançar três rótulos e se prepara para apresentar sua primeira coprodução com uma cervejaria do Canadá.

Hop, em inglês, significa lúpulo, e over, excesso. Sendo assim, a marca, OverHop, nada mais é do que um jogo de palavras para dizer que a cerveja tem uma boa dose de amargor. Quando os rapazes, moradores do Recreio, decidiram participar do Mondial de la Bière, no ano passado, não tinham ideia de que sairiam vitoriosos do evento. No momento em que a organização anunciou que a cervejaria, com apenas três meses, tinha ganhado duas medalhas de ouro, os sócios estavam servindo seus clientes no estande. Naquela época, passaram a produzir 16 mil litros por mês (hoje chegaram a um ponto de equilíbrio: fabricam 12 mil litros mensais). Para o evento deste ano (de 11 a 15 de outubro), eles estão lançando a 8199, uma coprodução com a cervejaria canadense Brasserie Harricana. A novidade leva açaí e framboesa, cada fruta representando uma nação, e o nome vem da distância em quilômetros entre as duas.

— Sabemos que seremos muito cobrados no Mondial. Por isso, vamos chegar com 15 rótulos, sendo um deles a parceria com o Canadá, que já foi lançada lá. Também vamos lançar uma Overlab (rótulo conhecido da marca) no dia e outras surpresas — conta Baruffa.

As novidades são a StartUp, uma cerveja hoppy larger, fácil de beber e de aroma bem cítrico; a Zithos, quarta cerveja da série de single hops do projeto experimental OverLab, que submete lúpulos consagrados a uma mesma base de malte; e a Ugly Duckling, uma Catharina Sour com açaí e morango, feita em colaboração com a cervejaria Suricato Ales, do Rio Grande do Sul.

Barroso, Flavio e Baruffa comemoram sucesso em apenas um ano da OverHop (Foto: Agência O Globo / Analice Paron)

Leia também

USE AS TAGS #MONDIALDELABIÈRERIO E #MONDIALDELABIÈRERIOEUVOU E COMPARTILHE SEU AMOR POR CERVEJAS ARTESANAIS.

Informações, Dúvidas e SAC:
+55 21 2441-9100
Atendimento: 9h às 19h
Endereço:
Av. Salvador Allende, 6.555
Barra da Tijuca – 22783-127